terça-feira, 13 de setembro de 2011

LISTA DE FILMES EDUCATIVOS

1) A Corrente do Bem
Com Kavin Spacey, Helen Hunt, Haley Joel Osment. Trata-se de um professor   de Estudos Socias, que em seu primeiro dia de aula numa turma da 7ª Série lança uma proposta de trabalho para seus alunos tentarem desenvolverem o ano inteiro: pensarem em uma idéia para mudar o mundo e colocá-la em prática. O que seria só uma atividade, acabou se tornando um desafio para um dos alunos (Travor), que acaba criando uma corrente do bem, baseado no princípio de que ele iria ajudar três pessoas a realizar algo muito importante que sozinhas elas não conseguiriam ( um mendigo, seu professor e um colega de classe) e estas pessoa teriam que passar o bem que lhes tinha feito adiante a outras três pessoas e assim sucessivamente. Essa corrente se expande e chega a outros lugares mudando a vidas das pessoas e despertando o interesse do repórter em remontar sua origem, quando depois de um acidente que destruiu todo seu carro, recebe de presente um carro novo de um desconhecido. O filme é sensível, emocionante, traz mensagens profundas sobre necessidade de mudança, como nossas vidas estão ligadas aos outros, a necessidade de construção de uma consciência social num mundo global...... e tem final surpreendente.O diálogo entre professor e aluno é simplesmente brilhante. O filme tem "panos para mangas" como um   desencadeador de discussões interdisciplinares: psicologia ( perfil psicológico dos autores principais:aluno, professor, mãe do aluno, avó do aluno,mendigo,   colega de sala, repórter), matemática ( a lógica matemática da corrente do bem),linguagem ( a obsessão do educador por uso de palavras de alto nível e a forma como estimula os alunos a pesquisarem seu significado), religião e filosofia ( exploração de correntes religiosas, filosófica, personalidades que defendem o princípio de uma nterdependência entre os homens),   história e geografia (origem e lugares em que esses princípios foram aplicados) e outras mais que vcs poderão enxergar se chegarem a assitir.

2) A Hora do Recreio

Dr. Benedict acredita que as crianças norte-americanas não têm boas notas por excesso de tempo livre: quando foi diretor escolar, tentou abolir a hora do recreio; agora, como político, tentava acabar com as férias de verão. Como a proposta não teve progresso no Congresso Nacional, ele contrata um bando de cientistas para que eles tentem desviar a lua de seu curso com o objetivo de fazer nevar na Terra durante todo o ano. Para colocar seu plano em prática, ele invade a Escola da 3rd. Street durante o recesso. Mas T.J. descobre tudo e, junto com seus amigos, o diretor e os professores, acaba com a pretensão do Dr. Benedict. Durante a trama, o diretor Prickly relembra seus tempos de estudante, o início de sua carreira como professor e os valores que o levaram a escolher a profissão. Em diálogos com T.J., enquanto tramam como expulsar os invasores, ele revela seus sonhos e anseios e mostra ao aluno -- um dos mais capetinhas da escola -- que todo professor já foi também estudante...
A Hora do Recreio (Recess: School's Out), EUA, 2001, 95 minutos. Animação. Buena Vista Pictures / Walt Disney Pictures. Direção: Chuck Steetz.

3) A Língua das Mariposas

Don Gregorio é um velho professor de uma pequena cidade espanhola. Moncho, um garoto de sete anos que inicia sua vida escolar meses antes da ditadura se instalar no país. Com o velho mestre, ele descobre o prazer de aprender, de admirar e explorar a natureza, de viver com os sentidos e os sentimentos. A nobreza do mestre é demonstrada logo no início do filme, quando ele vai até a casa no novo aluno pedir desculpas, pois, mesmo sem intenção, humilhou-o frente aos colegas em seu primeiro dia de aula. A história singela, triste e profunda do relacionamento entre aluno e mestre é cenário para mostrar a ascensão do regime militar espanhol, e como a força militar mexeu com a moral e a ética da população, inclusive em relação a Don Gregorio, que fazia parte da resistência ao regime repressor.
A Língua das Mariposas, (La Lengua de las Mariposas), Espanha, 1999, 95 minutos. Drama. Direção: José Luis Cuerda. Elenco: Fernando Fernán Gómez, Manuel Lozano, Uxía Blanco, Gonzalo Uriartez.



4) Anjos do Arrabalde

Forte crítica de costumes, Anjos do Arrabalde narra a trajetória de três professoras que vivem na periferia de São Paulo em meados da década de 80. Entre outras questões, são abordadas as dificuldades financeiras, o ambiente violento dentro e fora da escola e os problemas domésticos vividos por essas mulheres. Uma das protagonistas chega a abandonar as aulas para tornar-se dona de casa por exigência do marido.
Anjos do Arrabalde (As Professoras), Brasil, 1986, 100 min., drama, cor, Trans Vídeo. Direção de Carlos Reichenbach. Com Betty Faria, Clarisse Abujamra, José de Abreu, Irene Estefânia e Ênio Gonçalves

5) Ao mestre com carinho

Embora muita gente o considere melodramático em excesso, Ao Mestre com Carinho é o mais conhecido e cultuado filme do gênero. No meio dos anos 60, um professor negro (Sidney Poitier) inicia na carreira lecionando para uma turma de adolescentes rebeldes — e por vezes racistas — numa escola pública da periferia de Londres. Com seu jeito ora autoritário ora paternal, ele conquista aos poucos o respeito e a admiração da turma. A canção-tema, interpretada por Lulu, embalou muitos bailes românticos nas últimas décadas. O roteiro lembra Sementes da Violência (não disponível em vídeo), que tem Glenn Ford no papel do educador. Mak, o personagem de Poitier, ressurgiu em 1995 numa continuação menos inspirada, Ao Mestre com Carinho — Parte 2, dirigida por Peter Bogdanovich.
Ao Mestre com Carinho (To Sir with Love), Inglaterra, 1967, 105 min., drama, cor, Columbia Home Video, tel. (0--11) 5503-9800. Direção de James Clawell. Com Sidney Poitier, Judy Geeson, Christian Roberts e Lulu

6) A Sociedade dos Poetas Mortos

Em 1959, na tradicional e conservadora Welton Academy, freqüentada exclusivamente por rapazes, o professor John Keating (Robin Williams) emprega métodos de ensino nada ortodoxos para lecionar Literatura. Seu lema é carpe diem, expressão em latim que significa "aproveite o dia". E ele não mede esforços para provar aos estudantes que a preparação para a universidade não precisa ser um tormento. Pelo contrário, aprender pode ser um prazer. Keating fala aos pupilos sobre uma confraria secreta, A Sociedade dos Poetas Mortos que dá nome ao filme e cujos membros se reuniriam para a leitura de versos e a discussão de paixões pessoais. Ao ressuscitar esses hábitos, o professor incentiva os jovens a seguir os próprios instintos e decidir seus destinos. Um deles, por exemplo, pretende tornar-se ator de teatro, contrariando a vontade do pai, que o quer na advocacia. Ainda que quase toda a turma goste muito das novidades implementadas pelo mestre — como assistir às aulas ao ar livre e arrancar dos livros didáticos as páginas consideradas inúteis ou prepotentes — as medidas não agradam à direção da escola, que as proíbe. O filme contrapõe o desejo de liberdade e a alegria de viver aos rígidos códigos de conduta que regem as instituições educacionais mais arcaicas.
A Sociedade dos Poetas Mortos (Deads Poets Society), EUA, 1989, 128 min., drama, cor, Abril Vídeo. Direção de Peter Weir. Com Robin Williams, Robert Sean Leonard, Ethan Hawke e Josh Charles

7) Céu de Outubro

Um outro filme que pode enriquecer e também aborda o mesmo assunto: a idéia de trabalho com projetos explorando um projeto que nasce de um grupo de alunos (baseado em fatos verídicos) é o o "Céu de Outubro", que mostra de maneira simples como uma idéia pode mudar uma vida.
Utilizei esse filme em uma reunião direcionada a professores de Física e foi um sucesso!
Caso alguém se interesse já deixo um pontos para observação mais atenta:
 1-Qual o papel da professora e em qual momento ela contribui de forma mais efetiva para o sucesso do grupo?
 Detalhe é um filme extremamente simples e belo, sem um elenco famoso mas Fascinante
Espero que encontrem a fita...e bom divertimento!

8) Mentes que Brilham

Fred Tate (Adam Hann-Byrd) tem 7 anos, inteligência muito acima da média e sérias dificuldades de relacionamento. Tímido e solitário, o menino se vê afastado do convívio social em parte por causa da superproteção que recebe da mãe, Dede (Jodie Foster). Ela é solteira, trabalha como garçonete e espera que o filho consiga levar uma vida normal. Depois de fracassar ao matriculá-lo em escolas comuns, Dede procura uma entidade especial para crianças superdotadas. Mas a diretora da instituição (Diane Wiest), temendo que Fred desperdice seu potencial com trivialidades, o inscreve na Odisséia da Mente, espécie de olimpíada para pequenos prodígios. Embora apresente um desempenho notável na competição, ele agrava sua condição psicológica. Mentes que Brilham discute, de forma delicada e convincente, o tratamento que se deve dispensar às crianças de QI muito alto.
Mentes que Brilham (Little Man Tate), EUA, 1991, 99 min., drama/suspense, cor, 20/20 Visin. Direção de Jodie Foster. Com Jodie Foster, Harry Connick Jr., Adam Hann-Byrd e Diane Wiest

9) Meu Mestre, Minha Vida

Vinte anos após sua demissão, um professor que virou atleta famoso (Morgan Freeman) retorna à escola onde deu as primeiras aulas com a missão de educar estudantes violentos e viciados em drogas. A trama de Meu Mestre, Minha Vida baseia-se na história real de Joe Clark, ex-ídolo do beisebol norte-americano.
Meu Mestre, Minha Vida (Lean on Me), EUA, 1989, 109 min., drama, cor, Warner Home Video, tel. (0--11) 3845-6777. Direção de Jhon G. Avidsen. Com Morgan Freeman, Beverly Todd, Robert Guillaume e Alan North

10) Morangos Silvestres

A caminho da universidade onde lecionou, um professor aposentado (Victor Sjöström) viaja para receber um título honorífico. No trajeto, um pesadelo o faz recordar episódios de sua longa vida. Morangos Silvestres, contado em flashbacks, não é de fácil entendimento, mas os cinéfilos — como Luiz Carlos Merten, crítico do jornal O Estado de S. Paulo — garantem que vale a pena.
Morangos Silvestres (Smultronstället), Suécia, 1957, 90 min., drama, preto e branco, Cult Filmes, tel. (0_ _11) 820-6670. Direção de Ingmar Bergman. Com Victor Sjöström, Ingrid Thulin, Gunnar Björnstrand e Max Von Sydow

11) Mentes Perigosas

Ex-combatente (Pfeiffer) torna-se professora de uma turma de alunos-problema, drogados e marginais. Para ganhar a confiança da classe, tenta compreender a fundo os dramas de cada estudante. A fita segue a linha de Sementes de Violência. Na dúvida, prefira o original.
Dangerous Minds, EUA, 1995, 99 min., drama, cor, Abril Vídeo, el.: (0_ _11) 3037-4522. Direção de John N. Smith. Com Michelle Pfeiffer, George Dzundza, Courtney B. Vance e Robin Bartlett.

12) Mr. Holland – Adorável Professor

Em 1964, um jovem compositor (Dreyfuss) decide dar aulas de música enquanto economiza para dedicar-se à criação de uma sinfonia. Anos depois, quando seu filho nasce surdo, ele organiza um concerto todo especial para deficientes auditivos. Já na década de 90, é forçado a aposenta-se porque sua disciplina deixa de ser prioridade no currículo escolar.
Mr. Holland’s Opus, EUA, 1995, 140 min., drama, cor, Flashstar/Polygram, fax: (0_ _11) 251-1035. Direção de Stephen Herex. Com Richard dreyfuss, Glenne Headl, Jay Thomas e Olympia Dukakis.

13) NENHUM A MENOS

Nenhum a Menos arrebatou, com méritos, o Leão de Ouro no Festival de Cinema de Veneza e o prêmio do júri popular da Mostra Internacional de Cinema de São Paulo, ambos em 1999. A ação, inspirada em fatos reais, se passa numa paupérrima escola rural chinesa, onde uma garota de 13 anos (Wei Minzhi, que como todos os personagens interpreta a si mesma na fita) recebe a incumbência de substituir o professor titular, licenciado por um mês. Ela não dispõe de um livro sequer, pode gastar no máximo um giz por dia e ainda por cima deve morar na sala de aula junto com vários de seus 28 alunos. Por falta de móveis adequados, as carteiras ganham função de camas. A menina tem como principal obrigação evitar a evasão estudantil — um problema crônico no país. Ocorre que um aluno abandona os estudos e vai para a cidade grande em busca de emprego. A pequena mestra não tem dúvida: segue no encalço do fujão. Disponível também em DVD, a fita é indicada por Pedro Butcher, crítico de cinema do jornal O Globo, e por Isabela Boscov, da revista Veja.
Nenhum a Menos (Yi Ge Dou Bu Neng Shao), China, 1988, 106 min., drama, cor, Columbia Home Video, tel. (0_ _11) 5503-9800. Direção de Zang Yimou. Com Wei Minzhi, Zhang Huike, Tiam Zhend e Gao Enman

14) O Preço do Desafio

Jaime Escalante (Edward J. Olmos), imigrante boliviano, aplica psicologia e filosofia para despertar nos alunos de um colégio público norte-americano interesse pela Matemática. Inspirado em fatos reais, O Preço do Desafio é recomendado por Renato Lemos, crítico de cinema do Jornal do Brasil.
O Preço do Desafio (Stand and Deliver), EUA, 1987, 105 min., drama, cor, Warner Home Video, tel. (0_ _11) 3845-6777. Direção de Ramon Menendez. Com Edward James Olmos, Lou Diamond Phillips, Andy Garcia e Rosana e Soto

15) O Professor Aloprado

Apaixonado por uma de suas alunas, um acadêmico desengonçado e trapalhão (Jerry Lewis) inventa uma fórmula química que o transforma em cantor de sucesso. Sua intenção é chamar a atenção das mulheres, mas, parodiando O Médico e o Monstro, a metamorfose tem efeito temporário — o que o expõe a situações complicadas e ridículas. A história de O Professor Aloprado foi refilmada em 1996 com Eddie Murphy no papel principal. Na versão moderna, disponível em vídeo e DVD (Columbia Home Video), o problema do protagonista é a obesidade exagerada. Boas piadas e efeitos especiais garantem a diversão. O Professor Aloprado 2 entrou em cartaz em circuito nacional nos cinemas no início de setembro.
O Professor Aloprado (The Nutty Professor), EUA, 1963, 107 min., comédia, cor, CIC Vídeo, tel. (0_ _11) 3816-1396. Direção de Jerry Lewis. Com Jerry Lewis, Stella Stevens, Del Moore e Kathleen Freeman

16) O Caminho para Casa

Atrás da envolvente história de amor entre a camponesa Zhao Di e o professor Luo Changyu, o cineasta Zhang Yimou (Lanternas Vermelhas, Nenhum a Menos) enaltece a profissão de mestre e a sua importância para a comunidade. O narrador é o filho único do casal, Yusheng, que volta à pequena comunidade do interior da China quando recebe a notícia da morte de seu pai. Relembrando os contratempos que o casal passou até conseguir se casar, Yusheng revela também que é o responsável por uma das grandes frustrações de seu pai: ele queria que o filho também fosse professor para dar continuidade à sua obra.
O Caminho para Casa (The Road Home / Wo De Fu Qin), China, 1999, 86 minutos. Romance. Direção: Zhang Yimou. Elenco: Zhang Ziyi, Sun Honglei, Zheng Hao, Zhao Yuelin.

17) O Senhor dos Anéis

É uma excelente dica para quem não tem tempo para ler os livros e quer entender um pouco mais de RPG. Se não me engano foram os 3 livros da série, escritos há uns 50 anos, que inspiraram os RPGs clássicos: tem elfos, magos, bruxos, anões, cavalheiros, princesa, etc. A história é recheada de ação e momentos que a história muda de rumos a partir de situações e decisões tomadas

18) Quando Tudo Começa

Para produzir Quando Tudo Começa, o diretor Bertrand Tavernier tomou depoimentos de diversos professores de carne e osso sobre a realidade das escolas públicas. As entrevistas deram forma a um educador (Phillipe Torreton), que leciona para crianças numa cidadezinha do interior francês. O local registra altos índices de desemprego e, contrariando seus superiores, o protagonista se envolve com os problemas da comunidade. Imperdível, segundo o crítico de cinema da Folha de S. Paulo, Sérgio Rizzo.
Quando Tudo Começa (Ça Commence Aujurd'hui), França, 1999, 117 min., drama, cor, Cult Filmes, tel. (0_ _11) 820-6670. Direção de Bertrand Tavernier. Com Phillipe Torreton, Maria Pitarres, Nada Kaci e Françoise Bette

19) Uma mente brilhante

O filme, baseado em fatos reais, conta a história do matemático americano John Forbes Nash Júnior, vencedor do Prêmio Nobel de 1994. Apesar da inteligência - que o permite, ainda na faculdade, revolucionar a teoria econômica de Adam Smith - Nash convive com a esquizofrenia, uma doença que faz com ele tenha alucinações e que o mantém longe do convívio social. Nash (interpretado por Russell Crowe, o mesmo de Gladiador) só consegue dar a volta por cima no final da vida, com o apoio da esposa (Jennifer Connelly). Uma emocionante história que mostra como a mente humana é, ainda, surpreendente e incompreensível.
Uma mente brilhante (A beautiful mind), E. Unidos, 2002, 134 min. Drama. Direção: Ron Howard. Elenco: Russel Crowe e Jennifer Connelly.

20) Amnésia
 
Após assistir o filme os estudantes poderiam escrever um resumo do filme... Ocorre que o filme é contado de trás para diante e na hora de recontá-lo a gente tem que reconstruir os pedaços em ordem inversa do que viu e nesse processo algumas coisas podem ficar confusas.
Bom para trabalhar Língua Portuguesa e Redação; Biologia (O que é amnésia e como funciona o mecanismo de
memória? O filme ilustra fenômenos explicados pela mais moderna teoria a respeito); Filosofia e Psicologia, pelo menos.

21) Déja Vu
O filme dá um banho muito legal de tecnologia com a inclusào de alguns conceitos científicos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget
Ocorreu um erro neste gadget